TEMA: SOMOS ESCOLHIDOS PARA TER COMUNHÃO DIA 19 - Nos Acertando Uns Com os Outros


NOS ACERTANDO UNS COM OS OUTROS

Mas, queridos irmãos, suplico-lhes encarecidamente em nome do Senhor Jesus Cristo que parem essas discussões entre vocês. Que haja verdadeira harmonia, a fim de que não apareçam divisões na igreja. Eu lhes imploro que tenham o mesmo modo de pensar, unidos na mente e nas intenções. 1 Coríntios 1.10(BV)

Parem de querer sempre ter a palavra final.
Em vez disso, tenham como objetivo amar os que discordam de vocês. Lutem pelo amor e não pela vitória. Jesus nos disse que o amor sempre vai vencer. Garantiu isso quando saiu vivo do túmulo.
Quando você se descobrir discutindo com outro crente, use as orientações bíblicas a seguir: Deixe a misericórdia guiar suas respostas (Provérbios 3.3-6). Em um conflito, a maioria quer apenas o que é justo, mas a abordagem de Deus não se refere à justiça. Tem a ver com graça e misericórdia (Romanos 5.8).
Deixe Deus determinar qual é a verdade (2 Coríntios 13.8). A verdade não é determinada por sua maneira de pensar ou sentir (1 João 4.1), nem pela opinião dos outros. A verdade é aquilo que Deus diz; ele é a única autoridade na interpretação de toda e qualquer situação (2 Coríntios 10.5).
Busque a presença de Deus (Mateus 28.20). Satanás quer que acreditemos que estamos sozinhos nessa batalha. Simão Pedro deixou um exemplo de quem luta sozinho: o uso de palavras violentas, espada, maldições e mentiras, foram suas tentativas desesperadas de cuidar de si mesmo. Ele lutou com um homem separado de Deus (Mateus 26.52). Mas nós devemos seguir o exemplo do jovem pastor Davi, que acreditou que Deus estava na batalha e que ela pertencia ao Senhor (1 Samuel 17.47).
Apóie-se na mente de Cristo (1 Coríntios 1.15-16). A Bíblia diz que não devemos nos apoiar em nossa própria compreensão (Provérbios 3.5), o que parece ser certo em nosso modo de ver, pode estar completamente errado (Provérbios 14.12).
Procure a verdadeira fonte do conflito (Efésios 6.12). De acordo com a palavra de Deus, na verdade, não estamos lutando contra pessoas; nosso inimigo verdadeiro é Satanás e suas “hostes invisíveis de forças espirituais do mal”. Largue as armas humanas (2 Coríntios 10.4-5). Quando tentamos suprir nossas necessidades trabalhando independente de Deus, temos a tendência de usar o que o apóstolo Paulo chamou de “armas da carne”. São elas: manipulação, fofoca, difamação, ridicularização, ameaças, vergonhamurmuraçãodecepção e silêncio. Quando as usamosacabamos num circulo vicioso de retribuir “mal com mal” e isso é o mesmo que tentar lutar com um gambá usando “fedor” – todos saem perdendo!                      Aprenda a usar as armas espirituais (2 Coríntios 10:4). Bíblia nos diz que oração uma forte arma espiritual. Depois que vestimos toda a armadura de Deusdevemos “orar no Espírito em todas as ocasiõesem toda a oração e súplica” (Efésios 6:18). Muitos cristãos nunca pensaram em orar juntos quando surge uma discussão. Ainda assima oração nos fapensar em quem Deus é e de quem somos filhos. A oração coloca qualquer discussão sob uma perspectiva divina. O perdão é outra arma espiritual. O poder do perdão é maior do que qualquer coisa que o inimigo possa usar contra você. Deus ordena que perdoemos os outrosda mesma forma como fomos perdoados. (Mateus 6:12).                                                                                                             Para andarmos juntosnem sempre temos que concordar em tudo. Nosso versículo de hoje diz: ”Que haja verdadeira harmonia”. Numa orquestra há uma grande diferença entre o som uníssono e a harmonia. Se todos os músicos tocassem em uníssono durante o tempo todoa música ficaria bastante monótona. É a harmonia que cria a beleza da música. São diferentes músicos tocando instrumentos variados e em notas diferentesmas todos sob a direção de um só maestro. alvo de cada músico não é tocar mais alto que os outrosnem terminar a peça primeiro. objetivo é “ter o mesmo pensamentoser unido num só objetivo”. Quando isso acontecea música é celestial.

PARA PENSAR
Lute pelo amor e não pela vitória.
VERSÍCULO PARA DECORAR
"Masqueridos irmãossuplico-lhes encarecidamente em nome do Senhor Jesus Cristo que parem essas discussões entre vocês. Que haja verdadeira harmoniaa fim de que não apareçam divisões na igreja. Eu lhes imploro que tenham o mesmo modo de pensar, unidos na mente e nas intenções”. (1 Coríntios 1.10)
QUESTÃO A CONSIDERAR
Se você tem um conflito não resolvido com um irmão ou irmã em Cristoo que você vai fazer hoje para buscar reconciliação?

Cia Casa de Davi

A arte a serviço do Reino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram