A bordo no Impacto Sertão Livre

      Como falamos em outros posts o blog sofrerá algumas mudanças, todas com o objetivo de servimos vocês, leitores, com mais intensidade, e uma nova coluna que surgirá é "A bordo", contaremos histórias de pessoas que em pleno século 21 tem feito a diferença, tem passado por experiências com Deus, vencido obstáculos como timidez, medo, falta de grana etc. O intuito é lembrarmos do mandamento que Jesus deixou: o ide! E incentivar a você a ir também. (aos poucos desenvolveremos essa infinita introdução rs).

      Hoje a história será da Jel Fernandes alguém que tenho conhecido aos poucos, no mês de Janeiro de 2015 ela viajou para o Piauí, para o projeto "Sertão Livre" liderado pelo Juliano Son, que tem como objetivo animar missionários do Sertão, e também, levar esperança ao povo esquecido, ama-los e levantar um povo de Deus forte lá. Aqui deixo os nossos agradecimentos por compartilhar conosco o seu "diário a bordo" e que venham mais!

                     
Em Janeiro o impacto ocorreu em Acauã e  Betânia do Piauí
     Eu não sabia bem o que eu iria fazer, não sabia nem o que precisavam que eu fizesse mas, eu iria lá, não sabia o que me atraia até aquele lugar que não me oferecia nenhuma vaidade, nenhuma beleza, era como se algo dentro de mim me dissesse "vai, vai logo e não tenha medo!" E eu prontamente disse "sim!"  
    E quando eu cheguei aquele lugar eu fui conhecendo pessoas que como eu se ofereceram para estar ali entregando as férias para viver algo mais intenso, mais real que tudo o que já havíamos vivido até aquele momento.
   Conforme o primeiro dia foi passando e as pessoas iam chegando o lugar foi ganhando uma forma diferente, jovens de toda a parte com o mesmo ideal, grupos se formavam eles contavam  testemunhos de vida, de experiências em outros lugares e eu atentamente observava o ouvia muito aquele povo, que assim como eu foram impulsionados a estarem ali para servir pessoas as quais nem faziam ideia de que eles existissem.

No lugar do impacto fora construída uma congregação para os novos convertidos.
    Simultaneamente eu pensava na grandeza de Deus em nos levar até lá, eu sabia que era para algo maravilhoso! Sabia que nós éramos todos escolhidos a dedo de Deus para estar ali. 
    E o tempo ia passando e Deus me mostrava mais e mais a glória dele sobre a vida destes  jovens missionários, eles foram chamados para levar o amor a pessoas que se achavam esquecidas, a esperança para os que apenas esperavam a morte chegar, a paz de espírito aonde a angústia dominava os corações, sorrisos em pequenos rostos que mostravam saber mais da vida do que realmente precisavam saber. E a cada dia eu entendia o motivo da nossa presença ali, não era a  nossa vontade que prevalecia mas, a vontade de Deus do Espírito Santo que nos conduzia a cada lugar a cada pessoa a cada coração, enquanto descíamos a rua em direção a praça o "oi" que dávamos e os abraços apertados nos faziam felizes e quem os recebia se sentiam amados! Eu vi pessoas chorarem por uma canção entoada, por uma oração feita! Eles recebiam a Jesus de uma forma tão simples, isso era lindo de se viver!  Jesus é simples e é assim que ele espera que nós sejamos também!



   Sobre o povo que nos recebeu? Digo que eles nos ensinaram mais do que poderíamos ensina los , mesmo com toda a nossa "teoria" sobre a vida, com nossos cursos superiores e outras tantas coisas que nós julgamos ser  ou ter.
  E o Espírito Santo conduzia a cada equipe de uma forma linda, vi médicos orando pelos seus pacientes pois, a fé era um dos remédios mais eficientes nos consultórios improvisados no meio do sertão, me alegrei com crianças que pela primeira vez viam um teatro e ganhavam brinquedos a felicidade tomava conta da vida de cada uma delas, vi e ouvi pessoas se abrindo com as visitas que recebiam e aceitavam a Jesus com lágrimas nos olhos! Vi pessoas aliviarem suas dores de dente e dores no coração pois, muitas das consultas odontológicas terminavam em oração! 
  A sensação final seria de impotência, a gente sempre acha que não fez o bastante, mas fizemos o que podíamos e fizemos o que o Senhor nos preparou para fazer, sabendo que a vontade de Deus é  sempre BOA,PERFEITA e AGRADÁVEL.
  Fizemos  o que Deus nos mandou que fizéssemos que era levar a sua palavra, a mensagem da cruz!
No último dia foi uma mistura de tristeza com alegria eles choravam por nossa partida e nos chorávamos por ter a certeza de que realmente tínhamos conseguido cumprir a missão de levar o amor aos corações pois, o que  eles realmente sentiam era o amor de Deus que tinha invadido aquele lugar através de nossas vidas! E ali Jesus vai habitar para sempre como uma fonte de águas vivas!  Que o Senhor possa levantar pessoas dispostas a servir como nós  servimos e que cada dia esse povo cresça mais na presença do Deus altíssimo!
  Agradeço a Deus pela oportunidade que ele me deu desde o meu nascimento até agora, porque se em algum momento achei minha vida difícil agora penso que sempre foi tudo fácil porque Ele sempre esteve comigo e nunca me abandonou nem se quer por um segundo. #Impactoseratãolivre2015



Por Jel Fernandes

                          

   Recebi várias fotos para postar aqui, foi complicado escolher algumas, mas você pode ver mais fotos no site do projeto Sertão Livre e assim você pode conhecer mais o projeto: COMO IR (O impacto ocorre em 6 e 6 meses e o valor da hospedagem é maravilhoso), ou COMO AJUDAR de longe:  http://sertaolivre.org.br/ 

"19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." (Mateus 28:19-20)
   Que o Espírito Santo nos levante para cumprir o ide de Cristo em todo tempo, em todos os lugares, enquanto podemos.  Até a próxima.


Nicole de Antunes

Nascida em 1995, estudante de Letras, me perco em versos, me perco no horário, me perco na música, mas me acho em Deus. Baiana, e depois de ver tantos mares profundos busca agora sair do raso em sua vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram