DIÁRIO DE UM ADORADOR (PARTE 5) 2'

OI BOM DIA!!!
Hj postando a parte 5 do Diário, eu estou gostando muito e vcs??

Quem é o Rei de toda glória?


“Levanta-te Nabih, pois hoje você será transformado em um outro homem!!” Era ele falando comigo!!! “Quem és tu Senhor?” perguntei tremendo. “Eu sou Jesus de Nazaré, Filho do Deus altíssimo!”
Um encontro pessoal com o Filho de Deus, no meio da sinagoga, com todo mundo olhando!!!!! Nabih continuou ajoelhado e sentiu a mão dEle sobre sua cabeça…parecia um fogo, uma viagem fora do tempo e espaço, como naquele dia da luta entre o Filho e o satan…tudo muito diferente…tudo muito rápido…no momento seguinte, quando levantou a sua cabeça, o Filho de Deus não estava mais lá…”Mas, como assim, ele estava com a mão na minha cabeça agora mesmo??!
Miriam chegou perto dele, delicadamente o tocando e dizendo: ” Nabih, acorda, você está bem? Nabih, o Shabat já acabou, as pessoas já estão indo embora! Nabih! Nabih!”
Acordei, ou algo assim, e vi aquele rosto lindo ao meu lado…olhei em volta e vi só algumas pessoas ainda dentro da sinagoga, mas a maioria já tinha saído! Na porta de entrada observei o Mica conversando com algumas pessoas. “O que aconteceu, Miriam? Como eu estou aqui no chão? Quanto tempo se passou?”
“Você ficou aqui bastante tempo…o rabi continuou a cerimônia após o canto e terminou a celebração…mas você ficou aqui ajoelhado…quando as pessoas começaram a sair, você caiu deitado…fiquei assustada por você, mas vi que estava respirando e tinha uma aparência de paz, então”…olhou para mim e disse com um incrível sorriso nos lábios: “Esperei um pouquinho e vim te chamar…ahahah!”
“Miriam, eu estive com Ele, Ele disse que era Jesus de Nazaré, Filho do Deus altíssimo!!! Será ele o Messias que você sonhou outro dia???”
“Tenho duas amigas em Betânia , uma chamada Marta e a outra Maria. Elas tem comentado comigo sobre Jesus… Me contaram que multidões estão começando a ir atrás dele!!! Sua palavra, sua voz, seu olhar, dizem que é inexplicável, não humano, assim me disse a Maria!” comentou Miriam, muito animada, com olhos brilhantes e vida saindo de seus lábios!
” Acho que elas estão apaixonadas por ele!?!?! Coisas de mulher, sabe ??” arrisquei, novamente preocupado com os sentimentos da Miriam, mas , ao mesmo tempo, pasmo de pensar nas experiências que eu estava tendo…e todas estavam ligadas a esse Jesus…Filho do Altíssimo…
Os dias se passavam… Havia uma incerteza e revolta no ar, no coração do povo judeu. O nome de Jesus começou a ser conhecido. Ele andava pelas sinagogas, e por todos era bem falado, como um profeta, um fariseu, um conhecedor da lei, com palavras que ardiam os corações.
Naquele tempo, o império romano dominava e controlava todo o Israel. Nabih, e o povo de Israel viviam como um povo escravo, que era obrigado a pagar altos impostos. Vários levantes de diferentes grupos políticos nacionalistas permeavam a história recente do povo judeu. Corria notícia que João, o Batista, havia sido preso por Herodes porque este tinha um caso com sua cunhada, Herodias, e João, corajosamente, o confrontou sobre seu adultério! Herodes, na verdade, tinha medo da força da verdade que estava dentro de João, e várias vezes o procurou para conselho…mas Herodias deve ter roubado sua vida e convicção. Esse mesmo Herodes chamado Antipas, era filho de Herodes Magno, aquele que mandou degolar todos os meninos de Jerusalém, quando lhe chegou noticia que o “Rei dos Judeus” havia nascido, trinta anos atrás! Sim, esse mesmo Antipas era o primeiro rei dos judeus não judeu, colocado por Roma! Até o cativeiro na Babilônia, haviam reis em Israel, e antes deles, juízes, que seguiram a Josué que veio após Moisés!! Na volta da Babilônia, houve uma oligarquia aristocrática de sacerdotes até o general romano Pompeu cercar Jerusalém, destruindo o templo, entrando até no Santo dos Santos, em desrespeito a Jeová, montado em seu cavalo! Assim, Herodes Antipas se tornou o primeiro a governar os judeus debaixo do senado e do imperador romano Augustus.
Nabih não conseguia entender como João Batista poderia ter sido preso. “Ele é um profeta de Deus, um homem correto, verdadeiro, como Jeová permite algo assim acontecer??” Muitas outras perguntas vinham a cabeça de Nabih. “Por que Herodes reinava sobre os judeus não sendo judeu? Por que Roma tinha governo e controle sobre Israel? Por que Jeová não livrava seu povo como fez antes? Por que Jeová permitiu que o templo fosse profanado por romanos, que chamavam seu imperador de “deus”!?!?!” Além disso, Nabih sentia entre os sacerdotes, da herança de Arão, uma certa “política” ministerial de poder…O sumo sacerdote escolhido para aqueles dias era Caifás. A ligação entre Caifás e Herodes era, em princípio, devido ao fato de ambos serem do grupo dos saduceus.
João estava preso em uma das fortalezas de Herodes, provavelmente, Macharus. As fortalezas de Herodes eram feitas no meio do deserto com um avançado sistema de cisternas para a água e aquedutos…ele não tinha prazer de estar na cidade e ter que estar em contato com aquele povo necessitado, rendido, que sempre se queixava dos impostos que lhes era cobrado! Além disso, se sentia mais seguro nas suas fortalezas intransponíveis, onde tinha sua vida oculta…
Nabih tinha um amigo que se chamava Judas. Ele era um zelote. Os zelotes eram o quarto grupo do judaísmo, dos anti-romanos assim representados: os fariseus, os saduceus (do sumo sacerdote como disse), os essênios e os zelotes. Judas tinha muitas ambições como um judeu nacionalista. Ele cria no retorno a observação das leis de Moisés e na conquista da independência nacional pela expulsão dos romanos! Judas era muito intenso! Ele vivia fortemente suas convicções. Ultimamente , Judas estava meio sumido. Nabih soube que Judas estava indo atrás do Filho de Deus para tentar conhecê-lo melhor… Soube que Judas estava seguindo Jesus e, neste tempo estavam na Galiléia, em Nazaré! “Preciso ir a Nazaré, preciso vê-lo, conversar com ele novamente. Preciso entender o que ele quis dizer com aquelas palavras…preciso saber se ele libertará Israel dos romanos!!!?? Preciso estar perto dele! Sinto sua falta! Mais ainda do que a falta que sinto da Miriam…só posso vê-la nos Shabats ou quando vou visitar o Jonathan, seu irmão…mas é diferente com Ele…sinto como uma sede que precisa de água…água que mate a sede.
Quando cheguei em Nazaré, procurei saber de Jesus e era Shabat…me disseram que ele foi visto indo a sinagoga, como fazia todos os sábados. Saí correndo, coração batendo rápido, uma expectativa forte, estranha, de tirar o fôlego! Aquele Shabat eu estava livre, sem compromissos na sinagoga em Betânia. Não iria ver a Miriam, mas precisava encontrar Jesus! Quando entrei na sinagoga, imediatamente pus os olhos nele! Ele estava se levantando para ler, no livro do profeta Isaías :
“O Espirito do Senhor é sobre mim, pois me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a apregoar a liberdade aos cativos, e dar vista aos cegos; e por em liberdade os oprimidos; e anunciar o ano aceitável do Senhor” E fechando o livro, o deu ao ministro e se assentou…os olhos de todos estavam sobre ele!!!! E aí com aquela voz penetrante Ele disse: “Hoje se cumpriu essa Escritura em vossos ouvidos!” Muitos ficaram maravilhados…mas percebí alguns presentes que parecíam furiosos…se levantaram, e vinham na direção dele…para quê?! O que vão fazer com Ele? Olhei para Jesus, e ele parecia seguro, embora preocupado com aqueles que interromperam o Shabat, e vieram para a frente na direção dEle ! Senhor! Senhor! Cuidado!!! Sem perceber, assustado, berrei dentro da sinagoga na direção do Filho de Deus!…o que vão fazer com Ele ?!?!

Continua
Quem é o Rei do seus sentimentos? Dos seus interesses? Você conhece o Espirito que está sobre Ele?? Que tipo de rei vc espera que reine na sua vida?

@gersonortega www.gersonortega.com
Um beijão pra vcs!!!
Cintia Sant' Anna

Cia Casa de Davi

A arte a serviço do Reino. 

Um comentário:

  1. Eu já falei e vou repetir que simplesmente glorifico a Deus pela inspiração Dele e por Ele.

    ResponderExcluir

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram