DIÁRIO DE UM ADORADOR (PARTE 6) 2'

Oi amigos bom dia!

Como foi estes dias de folga? olha só hj vou postar mais uma parte desta história envolvente.

Esta seqüência de posts tem falado de Nabih, um levita que vive na época de Jesus e passando e aprendendo incríveis experiências de vida convivendo com o Mestre e seus discípulos! Uma história de ficção, ligada a fatos registrados na Palavra que poderiam contar a sua e a minha história…

Jesus e os demônios

O que vão fazer com Ele? Olhei para Jesus, e ele parecia seguro, embora preocupado com aqueles que interromperam o Shabat, e vieram para a frente na direção dEle ! Senhor! Senhor! Cuidado!!! Sem perceber, assustado, berrei dentro da sinagoga na direção do Filho de Deus!…o que vão fazer com Ele ?!?!
De repente, um grupo de homens tomou Jesus pelos braços e o puxou para fora da sinagoga! Pareciam irados, endoidecidos, levando o Filho de Deus junto com uma pequena multidão, como se Ele fosse um ladrão, assassino, ou algo assim! De novo, eu não conseguia entender porque Jesus Nazareno provocava reações nas pessoas com o que falava e fazia! No meio do tumulto, ouvi Jesus dizer: “Sem dúvida me direis este provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo; tudo o que ouvimos teres feito em Cafarnaum, faze-o também na tua terra”E continuou: “Em verdade vos digo que nenhum profeta é aceito em sua terra” …e enquanto dizia isso, o levaram e expulsaram da cidade levando Jesus até um despenhadeiro em que a cidade estava edificada, para dali jogarem-no abaixo!!!!! Que loucura! Primeiro dizem que ele é um profeta, outros dizem que é Elias, outros dizem que é o Messias !?!?! Bem, para mim Ele disse que era o Filho de Deus! A Miriam sonhou com ele o viu como um leão e como um cordeiro !!! Por que então queriam matá-lo ?
Vi Judas, meu amigo zelote, que estava lá também e corri para ele e falei: “Amigo, precisamos parar esse povo; eles querem matar o Filho de Deus! Me ajuda, chama seus amigos zelotes, faz alguma coisa!!” Judas ficou assustado sem saber como agir…era muita gente em volta daqueles que seguravam Jesus pelos braços e o empurravam para a ponta do precipício! “Que louco!” pensei. “Eles querem matar o Filho de Deus!” Foi chegando mais e mais gente, berrando, alguns maldizendo Jesus, xingando de anátema, de falso profeta, de endemoninhado…de repente, lá na frente do tumulto onde tudo estava acontecendo, um silêncio sobrenatural, quer dizer, inexplicável, quer dizer, de dar arrepios no corpo inteiro…como se alguém estivesse “empurrando” as pessoas para o lado, para trás…como se houvessem guarda-costas invisíveis afastando a multidão descontrolada e abrindo caminho para…Jesus ??!?!?!
Como assim? Ele estava passando no meio do povo, ileso, sem ninguém tocá-lo!! Que doido! Que coisa maluca!?? Como?? Como?? Ele passou na minha frente firme, como se nada o pudesse deter…Judas estava ao meu lado e vendo-o passar, saiu correndo atrás dele…E eu fiquei paralisado, pasmo. “Ele tem poder sobre humano”, pensei. “Ninguém pode detê-lo; acho que havia uma legião de anjos a volta dele para que não morresse atirado do precipício abaixo!” Pouco a pouco a multidão foi dispersando, dispersando, voltando para suas casas…alguns ainda comentando o que Jesus havia dito e se perguntando: ” Não é esse o filho de José, o carpinteiro?” E muitos se admiravam dele, porque falava com autoridade…mas outros e criticavam e o reprovavam por dar a entender que era o Messias, o Filho de Deus, o Salvador !?!?!
Jesus voltou novamente para Cafarnaum, cidade marítima nos confins de Zebulom e Naftali. Estudando o livro de Isaías, comecei a ver algumas coincidências sobre o Messias e Jesus de Nazaré! Lá estava escrito sobre o Messias vir a terra de Zebulom e Naftali! Exatamente! Cafarnaum! Onde ele estava vivendo agora!
Meu pai, Izhar, andava preocupado comigo. E só falava sobre Jesus, nas coisas que via e ouvia dele e a respeito dele! Jesus estava sempre na sinagoga! Todos os sábados ele estava lá…interessante…por que o Filho de Deus estaria dentro da sinagoga toda semana, se me parecia que Ele não tinha nada a aprender lá…Ah! Mas me contavam que Ele ensinava na sinagoga!!…rsrsrs. Bem, então sua importante presença era para explicar as Escrituras, para ensinar…e não para fazer fofoca dos outros, ou criticar o rabi, ou ver se os cânticos estavam sendo dirigidos corretamente, ou se as ofertas para a sinagoga e o sumo sacerdote eram ” gordas” com muitos denários…ou se as pessoas iríam dar importância e bajulação para Ele para tentarem ganhar algum favor!?!?!?!
Num outro sábado, ainda em Cafarnaum, presenciei algo que nunca tinha visto antes! A cerimônia do Shabat estava seguindo normalmente, Jesus estava ensinando, quando de repente alguém, ou algo, começou a berrar em voz alta, mas com uma voz gutural, de caverna, arrepiante…E clamava na direção de Jesus enquanto Ele estava ensinando. E interrompeu o Mestre dizendo: Ahhhhhh! Que temossss nós contigo, Jesusss Nazareno!!! Vieste destruir-nosss? Bem sabemos quem ésss!!!Tu és o Santo de Deussss!!! Toda a congregação estava assustada; aquele homem se convulsionava, berrava, e rolava no chão, batendo nas pessoas, nos bancos, na parede, com seu rosto desfigurado, mãos em garra, sem conseguir olhar para Jesus! As mulheres começaram a berrar de susto, e os homens se afastavam dele, pois parecia ter muita força ao se contorcer e berrar!
Jesus olhou para ele com autoridade, e abriu sua boca dizendo: “Cala-te espírito imundo! E sai dele ! E o demônio, lançando o pobre homem por terra no meio do povo, saiu dele imediatamente! Foi muito doido! Num momento, aquele peso que pairava sobre o lugar sumiu incrivelmente! O homem ficou caído como que dormindo e, gradativamente foi voltando a consciência e foi ajudado para que sentasse e fossem cuidadas as suas feridas conseqüentes as convulsões que teve! Lembrei daquela voz parecida com a que me intimidou uma vez dizendo: “Nabih, você é meu!” Me arrepiei todo, lembrei daquela discussão que presenciei entre Jesus e Satan, o inimigo…de como fui livre daquela acusação e desespero de morte…então há criaturas espirituais que entram nas pessoas, que dominam seus corpos, que as transformam em…em…animais !?!? concluí. O povo que estava na sinagoga e presenciou tudo comentava: “Que palavra é esse que até aos espiritos imundos manda com autoridade e poder e eles saem???” Herodes se dizia o ” rei dos judeus” E alguns perguntavam: ” Seria Jesus o rei dos judeus que há tanto tempo é esperado, e descritos pelo profetas???”
Uma coisa eu sabia: Jesus era Filho de Deus, não sei como, mas era!!! Tinha autoridade sobre demônios…sim, porque antes eu achava que essas criaturas não existiam.., mas, agora!?!? Como duvidar se eu presenciei e vivi tudo isso!?!?! Outra coisa: minha vida já não era a mesma…” será que Jesus poderia curar o Jonathan, irmão da Miriam !?!?!” foi meu pensamento…bem, com Jesus a aventura continua…
continua...


Bjão pra tds vcs.
Cintia Sant' Anna

Cia Casa de Davi

A arte a serviço do Reino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram