Impureza, Isaías 6:5

"Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos."
A palavra impureza tem o significado: imoralidade ou impudicía. Em outras palavras, alguém que esteja sujo com algumas coisas. Vejamos a citação do Senhor Jesus sobre a impureza: "Não há nada fora do homem que, nele entrando, possa torna-lo impuro. Ao contrário, o que sai do homem é que o torna impuro. Mc 7:15".
Penso eu, que o grande profeta Isaías, ao contemplar a Santidade do Senhor dos Exércitos, com os anjos adorando-O, sentiu sua pequenez e se humilhou ao olhar para dentro de si perguntando-se como poderia ele repetir aquele hino angelical, pois sabia que não era digno que ver tamanho poder. Esse sentimento foi semelhante ao de Jó, conforme mostra a passagem de Jó 40:4-5 "Sou indigno; como posso responder-te? Ponho a minha mão sobre a minha boca. Falei uma vez, mas não tenho resposta; sim, duas vezes, mas não direi mais nada." Como Jó, Isaías não teve medo de confessar a sua incapacidade e condição decaída.
Além da impureza, chamo a nossa atenção para o ocorrido nesse versículo. Por mais que o povo estivesse em um caminho de pecado, se esquecendo de seu Senhor, Isaías não citou a impureza do povo primeiro, mas sim a sua. É como se estivéssemos lendo a passagem de Mt 7:4-5 "Como você pode dizer ao seu irmão: 'Deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho de seu irmão." Isaías não foi hipócrita, e nem se vangloriou por estar em um lugar santo, e o povo não. Ele se colocou como o mais indigno dos pecadores do povo daquela época.
Aprendemos com Isaías, ao ler esse versículo:

  • Que por mais que oramos, jejuamos, e buscamos a face do Senhor, estaremos sujeitos às impurezas desse mundo.
  • Não importa, que status temos diante da sociedade, sempre devemos reconhecer que somos impuros, e confessarmos as nossas impurezas, para o Dono da Pureza.
  • Devemos olhar para nossas impurezas, e não a de nosso irmão que senta ao nosso lado no banco da igreja. 

Pr. Gerson São Miguel  

Cia Casa de Davi

A arte a serviço do Reino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram