Ser mãe...


Quanto tempo em gente, estou em dividida com vocês, mas eu gosto muito de compartilhar o que Deus coloca em meu coração com vocês, e hoje o Apenas Um Toque vai ser inspirado nas Mamães.

Na minha adolescência eu dizia que não queria ter filhos, fala que não seria mãe de jeito nenhum. Mas com o passar dos anos as coisas foram mudando e quando me casei o desejo de ser mãe preencheu meu coração, e os 25 anos Júlia chegou na minha vida e aquela sensação de será que vai dar certo, de que será que vou ser uma boa mãe me inquietava constantemente. Mas um dia quando eu orava por minha filha pedi a Deus para ser uma boa mãe pra ela, e que eu queria muito que o seu amor nos unisse a cada dia. E a palavra que Deus ministrou ao meu coração foi que o ser mãe não nasce apenas quando você gera e nasce a criança, mas sim a cada dia com a convivência, afeto, compreensão de cada dia, pensei em muitas mães que abandonam seus filhos quando nascem, que machucam seus bebês, mães que trocam seus filhos por qualquer coisa, lembrei-me da palavra em Isaías 49:15.

"Será que uma mãe pode esquecer do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você!
Quando esta palavra foi lançada, o contexto  era de mães com o amor incondicional, podemos perceber claramente na palavra será, porque era impossível uma mãe esquecer seu bebê que ainda mama, acho tão lindo quando o profeta declara que embora ela esqueça o nosso Pai nunca nos esquecera.
Hoje temos visto quase que diariamente mães que não amam mas, mas na minha opinião é só um reflexo da forma que foram criadas também. Eu não posso reclamar tenho um laço tão grande com minha mãe que é impossível descrever, então tenho prezado a cada dia esta construção com Júlia.
Hoje penso em não ter mas filhos meus, mas meu Deus me deu filhos e filhas espirituais, que a responsabilidade e preocupação continua a mesma, e a construção diária de amor, afeto, compreensão ainda maior, pode não haver uma convivência diária, mas a aceitação bem maior, pois amar e compreensão pessoas de diferentes criações e atitudes torna esta tarefa ainda mas enriquecedora.
Amo ser mãe, são momentos indescritíveis, impossíveis de falar e descrever, embora muitas vezes acho que poderia ser melhor que poderia não ter agido assim, que deveria ser mas ou menos rigída em algumas situações, mas todas as noites ao deitar tenho uma sensação de que fiz o melhor e no amanhã que virá vou tentar que seja melhor que o hoje que se foi.
Então pra mim o ser MÃE é uma construção diária.
Amo minha filhoquinha que foi um presente de dia das Mães nasceu 10 de maio meu maior Presente.
Amo D+++ minhas filhas e filhos espirituais, digo filhas e filhos pois a cada dia cresce mas este ministério e nos namorados e tornam meus filhos também e haja preocupação e cabelos brancos. Kkkkkkkkk
Obrigada ESPIRÍTO SANTO, por ter mudado meu coração e me dá o privilégio de ser MÃE.

Cia Casa de Davi

A arte a serviço do Reino. 

2 comentários:

Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.
- comentários com palavrões ou ofensas não serão aceitos;
- as criticas construtivas são sempre bem vindas;
- caso queira deixar o link para seu blog, fique a vontade.

Instagram